Rebranding: será que a sua marca precisa dessa estratégia?

Gestão 08/02/2024
Uma mão segurando um lápis enquanto desenha em um caderno em cima da mesa

Existem empresas que depois de um determinado tempo, acabam realizando um rebranding em sua marca, mudando logo e todos os aspectos que a envolvem. Um exemplo disso é o Twitter, que teve seu logo e nome alterado após a compra feita pelo Elon Musk.

Por serem mudanças extremas, elas afetam diretamente seu negócio, portanto é preciso ter cautela. Sem uma orientação, o rebranding pode se tornar a fonte de um problema difícil de se contornar. Mas, mesmo com os riscos, se feito da maneira correta, pode significar a diferença entre o esquecimento e um destaque interessante  no mercado.

Neste texto vamos discutir alguns pontos essenciais para entender o que exatamente é um rebranding, e como realizá-lo da melhor maneira possível. Continue lendo.

Quais são as mudanças?

Homem rasgando um papel de parede enquanto está agachado

Ao contrário do que muitos pensam, o rebranding vai além de apenas mudar o logo ou cores de uma marca. Essa estratégia possui ações muito mais profundas e pensadas para revitalizar e reposicionar um negócio. As mudanças que são realizadas podem ser a resposta para continuar sendo relevante em um mercado que está em constante mudança.

Mas, quais os outros motivos além das mudanças do mercado? Outras razões podem motivar um rebranding, como a necessidade de atrair um novo público ou até mesmo para se desvincular de imagens negativas do passado.

Quando fazer um rebranding da marca?

Um calendário na cor marrom

Não existe um momento certo, mas é possível encontrar sinais que indicam a necessidade de realizar mudanças na marca. Um exemplo é se sua marca já não consegue mais  destaque no mercado como antes ou se seu público-alvo mudou. Com base nisso, as ações dessa estratégia são renovar a essência, promessas e conexões do negócio com clientes e parceiros.

Mudanças na própria empresa também é um motivo válido. Caso exista o lançamento de um novo produto ou negócio que não se alinham totalmente à imagem atual da marca, tenha acontecido  alguma fusão ou  aquisição, pensar em um rebranding faz todo o sentido. Com isso, sua marca se manterá relevante e alinhada com os objetivos atuais.

Confira outros artigos do blog:

Estratégias de marketing: quais lições aprendemos com o Big Brother Brasil?

Como conquistar clientes: as estratégias da Apple que você precisa conhecer

A estratégia de mercado da Microsoft: os 4 passos para o sucesso

Os erros mais comuns que você precisa evitar

Uma janela quebrada

Como dito anteriormente, o rebranding consiste em realizar mudanças extremas, se tornando um jogo de alto risco e alto retorno. Quando bem sucedido, a marca recebe diversos benefícios, mas se não for feito corretamente você pode acabar gerando mais problemas do que soluções. Confira alguns dos erro mais comuns e o que fazer para evitá-los:

Falha na análise preliminar

  • Não entender a razão para o rebranding: evite mudar a marca sem possuir um motivo claro, e baseado em uma necessidade real.
  • Ignorar a identidade e o valor da marca: considerar a história e os valores atuais da marca é crucial. O novo branding deve ser uma evolução, não uma desconexão completa.

Planejamento inadequado

  • Objetivos mal definidos ou inexistentes: ter metas precisas e mensuráveis é essencial. Sem elas, o sucesso do rebranding fica difícil de ser avaliado.
  • Estimativa de orçamento insuficiente: você precisa de um orçamento realista para cobrir todas as despesas, incluindo marketing, redesign, comunicação e outros custos ocultos.

Problemas de implementação

  • Lançamento precoce: certifique-se de que todos os elementos da nova marca estejam prontos antes do lançamento para evitar confusão e falta de profissionalismo.
  • Descuido na migração da marca: a transição deve ser gestada de modo a não perder o reconhecimento já construído.

Comunicação falha

  • Não informar a equipe corretamente: a equipe deve ser a primeira a compreender o novo posicionamento  para que possam agir da maneira correta durante as ações.
  • Comunicação ineficaz com o público: planeje uma comunicação clara e efetiva para garantir que o público entenda as mudanças e os motivos por trás delas.

Como realizar um rebranding de sucesso?

Um time de futebol comemorando dentro do estádio

Realizar um rebranding de sucesso exige um planejamento cuidadoso, execução criteriosa e comunicação eficaz. Aqui estão  alguns passos que você pode seguir:

Entenda o motivo

Defina o motivo que faz o rebranding ser necessário. Algumas opções podem ser para modernizar a marca, alcançar um novo público, refletir alguma mudança na empresa.

Pesquise e realize

Antes de mais nada, realize pesquisas  para entender o mercado e identificar oportunidades ou necessidades de mudança.

Defina objetivos

Estabeleça objetivos que sejam claros e mensuráveis. Determine o que você espera alcançar com a atualização da marca.

Desenvolva uma estratégia

Monte as ações que serão realizadas durante o processo do rebranding, incluindo o escopo, cronograma, orçamento e a comunicação.

Prepare-se para o lançamento

Atualize ou crie novos materiais de marketing que tenha feito, peças publicitárias, materiais ricos, como um e-book, por exemplo..

Comunique internamente

Certifique-se de comunicar as mudanças, treinar os colaboradores e prepará-los para o lançamento.

Lançamento ao público

Tenha uma campanha de lançamento estruturada para anunciar o rebranding. Utilize diferentes canais de comunicação, como as redes sociais, eventos, etc.

Monitore o feedback

Acompanhe as reações do público  e esteja aberto para fazer ajustes rápidos, caso necessário.

Avalie o progresso

Use os objetivos definidos na etapa de planejamento para medir o sucesso do rebranding.

Faça ajustes

Esteja disposto a fazer alterações com base no feedback e nos resultados obtidos. Lembre-se que o rebranding pode ser um processo interativo no qual são feitos ajustes com base em dados e até comunicação com o público, procurando saber a opinião deles.

Realizar um rebranding é um processo complexo e que impacta todos os aspectos da empresa. Esteja preparado para investir tempo, recursos e muita atenção aos detalhes.

Agende um bate papo

Pode ser a escolha certa…

Quando nos encontramos em um caminho com diversas barreiras, desistir pode ser tentador, mas sempre existe a possibilidade de alcançar o sucesso. Quando o assunto é fazer com que uma empresa cresça no mercado, tomar decisões ousadas e se arriscar pode ser preciso . O rebranding é uma das estratégias disponíveis dentre tantas, então, aproveite os insights passados aqui para analisar se é preciso algum tipo de alteração na sua marca, prepare sua estratégia com o passo a passo deste artigo e evite os erros cometidos por outras empresas.