Planejamento estratégico: saiba como traçar objetivos

Vendas B2B 14/02/2022
planejamento estratégico

Embarcar no mundo dos negócios nem sempre conta com uma preparação prévia. Pessoas que estão começando seus negócios, e até mesmo empreendedores de longa data, acabam pulando algumas etapas, acreditando que para vender é preciso apenas possuir demanda para sua oferta. Por isso, o planejamento estratégico é essencial para ter mais visão e objetivos a longo prazo.

Essas pessoas se deparam com o dia a dia do mercado e vão executando suas atividades de modo a apagar incêndios, resolver problemas e aproveitar os momentos de bons resultados inconstantes, quando eles chegam. 

Mais comum do que imaginamos, essa não é a forma ideal de gerir um negócio. Se sua empresa está passando por muitos momentos de instabilidade e você não sabe mais como sair dessa situação, talvez você esteja precisando parar um pouco, reavaliar sua situação atual e reiniciar tudo a partir de um planejamento estratégico. 

O planejamento estratégico vai te ajudar a nortear as ações da sua empresa, traçando rotas de acordo com a realidade que você possui, operando de forma segura, prevendo riscos e alcançando melhores resultados. 

Se você está pensando em começar um negócio ou se já possui um, mas sente que precisa reconsiderar o caminho que sua empresa está seguindo, vamos te explicar nesse artigo como um planejamento estratégico pode te ajudar. Vem com a gente!

O que é planejamento estratégico?

Como o próprio nome sugere, planejamento estratégico é um processo de analisar quais são os objetivos a curto, médio e longo prazo do seu negócio e quais as estratégias que podem ser traçadas para alcançá-los. 

Com informações da sua empresa, do seu produto e até do mercado, você se torna capaz de traçar um mapa estratégico para alcançar suas metas e gerar bons resultados. 

É comum que  donos de empresas executem suas  atividades sem essa rota traçada. Isso porque, muitas vezes, esses empresários começam um negócio de forma orgânica, desempenhando alguma atividade e se tornando empresa de modo natural.

Mas, à medida que a empresa vai crescendo, esse planejamento vai se tornando cada vez mais indispensável. Sem ele , a organização desempenha suas funções de modo desestruturado e sem entender exatamente qual o seu propósito. 

Entre as funções de um planejamento estratégico, está justamente a projeção de metas, objetivos e ações a serem desenvolvidas. 

Quando o assunto é  grandes empresas, o documento é igualmente necessário. Empresas maiores precisam lidar com muitas informações, por todos os lados, principalmente em momentos de busca de investidores ou expansão.

Nessas situações, o planejamento estratégico vai ser o pilar principal para embasar as tomadas de decisões e a definição de planos e execução de metas. 

Planejamento tático x operacional

Como já entendemos, o planejamento estratégico é uma espécie de mapa com dados e informações para guiar decisões assertivas de uma empresa. 

Dentro dele, ainda podemos encontrar duas divisões: o planejamento tático e o planejamento operacional.

Vamos falar um pouco mais sobre cada um deles:

Planejamento Tático

O planejamento tático é o momento de planejar o ataque, analisar e colocar em prática as ações responsáveis por realizar as metas traçadas no planejamento estratégico. 

Os responsáveis pela execução dessa parte geralmente são gestores, que vão estipular o tempo determinado para cada ação e disseminar entre as equipes. 

É nessa etapa que os planos de marketing, produção, financeiro, comercial e os demais são construídos. 

Planejamento Operacional

O planejamento operacional consiste na realização das atividades diárias para a realização dos planos de ação de cada departamento. 

É basicamente a construção do dia a dia de uma empresa, entendendo quais as demandas,  objetivos e qual o modo de todos se organizarem a fim de alcançarem suas metas. No momento de organização, também são escolhidos os meios para o acompanhamento do desenvolver de cada atividade, como checklist, reuniões diárias, cronogramas, etc. 

Nessa etapa também são definidas as pessoas ou os setores responsáveis por cada tarefa, quem irá tomar a frente de cada um. Isso para que essa pessoa seja centralizadora de informações, alguém para ser procurado como referência para tratar de determinado assunto, evitando dispersões. 

Com tudo isso, podemos dizer que o planejamento estratégico é o macro, onde tudo é desenhado e traçado de acordo com cada empresa. Dentro dele, encontramos o planejamento tático e o operacional, onde cada um determina uma parte responsável para a realização com sucesso do que está sendo traçado no planejamento estratégico.

reunião-planejamento
O planejamento tático e operacional necessitam estar em sincronia para que todos os objetivos sejam alcançados.

Vantagens de elaborar um planejamento estratégico 

  • Decisões assertivas

Tomar decisões é uma necessidade cotidiana dentro das empresas. De pequenos a grandes passos, uma só escolha pode gerar uma grande mudança para o negócio. 

Muito se fala sobre “tino” ou “feeling” de empresários para tomadas de decisões, mas a grande verdade é que a maior garantia para boas escolhas são ideias fundamentadas, munidas de informações e dados. 

Com o planejamento estratégico em mãos, você vai saber quais os caminhos seguros e para o seu empreendimento, de acordo com o que você já está traçando com o decorrer do tempo.

  • Resolução de problemas com maior facilidade

Falhas e erros são inerentes à qualquer instituição. Até mesmo um trâmite que antes funcionava, em determinado momento pode deixar de ser eficaz, seja por fatores internos ou externos. 

Estando os processos visíveis e sendo acompanhados, é possível identificar com maior facilidade os gargalos que nascem pelo caminho, assim como também é mais fácil resolvê-los.

  • Elevação de produtividade 

Quando uma equipe está alinhada em seus processos e objetivos, a tendência é que todos trabalhem em um ritmo aproximado. A organização das demandas, das atribuições de cada um, divide as atividades e minimiza sobrecargas. 

Todos os funcionários de uma empresa lidam com a expectativa quando novas decisões são tomadas. Afinal, cada um deles também é afetado pelas mudanças que podem acontecer. Uma boa comunicação entre todos, com metas e propósitos individuais e coletivos bem estipulados, facilita a compreensão e o envolvimento de cada um. 

  • Organização de prioridades

“Se tudo é urgente, nada é urgente”, você já ouviu esse ditado? Ele sintetiza que se existem muitas prioridades, nada é realmente uma prioridade. 

Dentro das organizações, algumas demandas acabam se acumulando com outras, tudo vira uma bola de neve e ganha senso de urgência. 

Um dos objetivos do planejamento estratégico é justamente sanar esse acúmulo, dividir as prioridades para as pessoas e para o momento correto. 

 

Leia também os artigos:

Business Intelligence: o que é e como funciona?

Vendarketing: a importância de alinhar venda e marketing na sua empresa

Apresentação de vendas: saiba como fazer para fechar negócios

 

Como montar um planejamento estratégico para sua empresa? 

  • Comece analisando sua empresa e seu mercado

Antes de tudo, é preciso entender exatamente sua empresa, do princípio ao fim. Como ela está, o que oferece, quem faz parte, como se apresenta ao mercado e se tudo isso pretende continuar igual ou existe alguma mudança a ser feita.

Todos os dados da instituição são de suma importância para esse momento. As informações do funil de vendas também contribuem nesse momento, para que seja possível entender qual o relacionamento atual que a empresa tem com seus prospects, leads e clientes. 

Com as primeiras informações alinhadas, é preciso olhar para fora.  Como está a sua oferta, em relação  ao seu nicho e ao seu mercado. Quais os seus diferenciais e como você pode apresentá-los para seus futuros clientes. 

  • Defina objetivos e metas

Agora que você já possui, de maneira organizada e estruturada, as informações sobre seu negócio, é o momento de traçar metas reais e tangíveis. 

Esse é um dos momentos principais da elaboração de um planejamento estratégico, afinal um dos seus maiores objetivos é, justamente, ser capaz de embasar boas decisões para o sucesso dos negócios. Logo, as metas devem ser traçadas de maneira clara e de acordo com a capacidade do seu negócio de atingi-las. 

Uma dica importante para essa etapa, que pode ajudar no momento de definir objetivos reais, é usar a estratégia de Metas SMART:

S (specific – específico): bem definidas e claras;

M (measurable – mensurável): passíveis de acompanhamento, que o sucesso do objetivo seja mensurável;

A (achievable – alcançável): tangíveis e realizáveis;

R (realistic – realista): dentro da realidade da empresa, relevante de acordo com o propósito da instituição;

T (time based – temporal): com um prazo estipulado e linha de tempo definida, com começo, meio e fim.

  • Defina as estratégias

Chegou o momento de definir como colocar tudo em prática, quais serão as estratégias traçadas para alcançar os seus objetivos. Novamente, usando todas as informações que você já reuniu e seguindo de acordo com a realidade da sua empresa.

É a etapa de dividir a tarefa com a gestão e com operacional, e executar o planejamento tático e operacional. 

Sua estratégia de vendas deve voltar a ser posta em prática, após ser avaliada durante a construção do plano, com seu funil de vendas seguindo de acordo com o seu novo planejamento. 

  • Avaliando resultados

Tudo já está funcionando de acordo com as novas trajetórias traçadas para sua empresa, mas ainda é preciso ficar atento. Monitorar e avaliar os resultados é ainda parte fundamental do seu planejamento.

É com essa análise que você tem a percepção do que está funcionando ou não, do que pode ser movimentado ou otimizado.

Conclusão

O planejamento estratégico é um dos principais pilares para uma empresa que pretende seguir um caminho seguro, estável e tomando decisões com confiança. O mercado está cada vez mais competitivo e estar munido de informações pode ser um diferencial entre as empresas disponíveis.  

Se você leu até aqui e conseguiu identificar na sua empresa a necessidade de reavaliar as prioridades e traçar um planejamento estratégico, é hora de colocar em prática as dicas que apresentamos e, assim, melhorar os resultados do seu negócio.