Meetz é selecionada para o Programa Scale-Up Endeavor 2022

equipe-meetz

A Meetz foi selecionada como uma das empresas participantes da edição de 2022 do programa Scale-Up da Endeavor, instituição aceleradora de negócios presente em mais de 40 países. O objetivo do programa é acelerar o crescimento das empresas de maior potencial do país, por meio de mentorias, conexões, encontros, trocas e muito mais, durante cinco meses. 

A Endeavor acredita no potencial das Scale-Ups para esse momento de retomada econômica no país e, por meio do seu programa, busca auxiliar empreendedores e líderes a obter crescimento no mercado. As empresas escolhidas para esta edição do programa possuem alto potencial de crescimento, diferenciais competitivos claros e modelos de negócios comprovados pelo mercado, além de estarem divididas em diversas áreas de atuação, como Enterprise Software & Services, Edtechs, Fintechs, SMB – Small and Medium Business, entre outras. 

No decorrer do programa são proporcionadas conexões com nomes de marcas renomadas do mercado. Empresas como Magazine Luiza, MadeiraMadeira, RaiaDrogasil, Mercado Livre, Ebanx, entre outros, já fizeram parte dos encontros compartilhando informações, experiências, dicas e estratégias de crescimento.

Para Juliano Dias, fundador e CEO da Meetz, a oportunidade é um divisor de águas e prova do potencial de atuação da empresa no mercado.

“Ter acesso à mentoria de qualidade e uma rede de empreendedores que sabe o que faz, certamente nos ajudará a evoluir como empresa e como empreendedores, além de ser um marco e reconhecimento do nosso trabalho e da qualidade da equipe que temos desenvolvido aqui na Meetz”, diz o CEO.

Acelerando para crescer

Começar e gerar resultados positivos para um novo empreendimento é um desafio que requer muita criatividade, desenvoltura, força de vontade e trabalho em conjunto. Não é uma tarefa fácil, principalmente a depender do modelo de mercado de cada região e do nicho de atuação do negócio. 

Por isso, empresas aceleradoras de negócios são fundamentais para auxiliar nesse momento. Atuando no mundo das startups, essas organizações têm o importante papel de ajudar empreendedores e líderes a executar suas ideias inovadoras na prática. Foi assim com fintechs que hoje são enormes referências no mercado, como Airbnb e Dropbox. 

Essas aceleradoras podem atuar de diversas maneiras, fornecendo investimento, expertises, novos contatos, infraestrutura e as demais ferramentas necessárias para, assim, estimular o crescimento das startups.

Como o programa de aceleração da Endeavor funciona

O programa Scale Up Endeavor busca acelerar empresas com potencial de crescimento de todo país, durante encontros, mentorias e demais ações durante cinco meses. 

A metodologia aplicada durante esse período foi pensada em cima dos desafios e das dificuldades encontradas no mercado de empresas escaláveis. A aceleração é feita de modo a, além de compartilhamento de informações, moldar uma base para as organizações participantes. 

Este ano o programa acontece com novo formato, com turmas regionais e verticais consolidadas, divididas pelas suas indústrias.

O programa acontece em três principais frentes, são elas: 1. liderança e talento, 2. estratégia de crescimento e 3. acesso a capital, por meio de mentorias individuais, troca entre pares e com empresas parceiras.

Todas as participantes poderão trocar entre si experiências, aprendizados e informações, além disso terão acesso às empresas parceiras da Endeavor, para além de terem a possibilidade de adquirir mais expertise também possam formar novos contatos. 

Neste ano de 2022 os encontros serão todos realizados remotamente, possibilitando assim que empresas de todas as partes do país possam se conectar.

A atuação global da Endeavor 

O Relatório de Impacto de 2021 da Endeavor apresenta números, dos últimos dois anos, que comprovam a importância e atuação da empresa ao redor do mundo, auxiliando e preparando caminho para startups e empreendedores das mais diversas áreas de atuação em cada canto do planeta. 

Em 2020 foram 2.262 empreendedoras e empreendedores à frente de 1.405 Scale-Ups. Além de 3,9 milhões de pessoas empregadas e $28,7 bilhões em receita agregada pelas Scale-Ups apoiadas no decorrer do ano. 

No documento a empresa destaca a ascendência e o impacto das Scale-Ups, além de frisar a importância destas no momento delicado que o país vive economicamente. 

Em 2021, a fundadora da empresa Dudalina, Sonia Hess, foi considerada a embaixadora que mais doou horas para a organização, a fim de mentorar as Scale-Ups participantes do projeto.  Já o embaixador do ano foi Paulo Veras, fundador da 99. Juntos, eles mentoraram por mais de 50 horas para as organizações.

O que são empresas Scale-Ups?

Traduzido em português como escalar, Scale-Ups são justamente empresas escaláveis, com produtos de aceitação no mercado e crescimento em ritmo acelerado. Para qualquer tipo de negócio se tornar Scale-Up é um grande objetivo, afinal, esse crescimento acelerado é a sinalização do potencial e sucesso da empresa. 

Para ser considerada uma Scale-Up, a organização precisa atender alguns critérios específicos, além do seu potencial de crescimento, entre eles está a necessidade de ter no mínimo 10 funcionários, sustentar um crescimento de pelo menos 20% ao ano durante três anos, possuir validação de mercado e uma cultura organizacional bem estabelecida. 

É possível que qualquer instituição se torne uma Scale-Up. Muito embora a maioria das empresas estejam ligadas a setores de tecnologia, essa não é uma regra. Isso acontece porque empresas dessa área acabam fornecendo produtos ou serviços com maior escalabilidade. Justamente por isso qualquer empresa pode vir a ser uma Scale-Up, desde que consiga se enquadrar nos requisitos apresentados anteriormente. 

Muitas vezes, para alcançar esse objetivo, as instituições recorrem à ajuda das já citadas aceleradoras, principalmente enquanto parceiros financeiros, para que estes ofereçam investimento, tanto como investidores-anjo, como empresas já renomadas de mercado. 

A Meetz no mercado enterprise de prospecção

O mercado Enterprise é formado por empresas que trabalham com tecnologia como softwares, sistemas operacionais ou ferramentas de desenvolvimento. Como a Meetz, que possui soluções de prospecção para empresas B2B, buscando facilitar o acesso aos tomadores de decisão dentro da jornada de vendas complexas. 

Presente no mercado desde 2020, a empresa registrou em seu primeiro ano de atuação um crescimento de quase 700%. Já foram quase 5.000 reuniões realizadas, atendendo a mais de 130 clientes. 

Os números representam o potencial que a empresa já apresenta, mesmo em pouco tempo de atuação, inclusive na época da pandemia global. Participar do programa de aceleração da maior organização de apoio a empreendedores de alto impacto do mundo irá possibilitar que a instituição alcance resultados ainda maiores. 

A área de atuação da Meetz é formada, principalmente, por empresas de vendas complexas, aquelas que envolvem números elevados de negociação e passam por muitos gatekeepers – pessoas responsáveis por blindar os tomadores de decisão – antes do fechamento do contrato. 

Esse modelo de negócios possui uma alta capacidade de crescimento, já que levar as empresas que buscam atingir outras empresas conseguem resultados mais assertivos e de qualidade quando são direcionadas para os contatos certo, em vez de gastarem tempo e recurso prospectando de forma independente, repetidas vezes, em busca dos tomadores de decisão. 

Com a participação no programa de aceleração da Endeavor, a empresa tem a possibilidade de elevar ainda mais seus resultados, aproveitando, além de todo conteúdo que será apresentado durante os cinco meses de mentorias, apresentações e encontros, as novas conexões que serão estabelecidas no decorrer do evento.