Mailing: Aprenda a usar essa técnica de forma correta

Marketing 23/05/2022
email-marketing-mailing

O Mailing no marketing é a representação de uma base de dados e informações com os endereços de e-mails de inúmeros usuários, sendo clientes, leads e prospects.

Originalmente, mailing significava o envio de cartas ou mensagens  para os seus contatos, através do trabalho feito pelos correios. Os tempos mudaram, novas formas de comunicação surgiram e hoje esse termo é bastante utilizado no marketing digital.

Através dessas informações contidas nessa lista de e-mails, sua empresa pode estreitar seus laços com os consumidores. Além disso, é uma maneira de se organizar e garantir que nenhum contato seja perdido. 

Outro ponto importante é que através do mailing você consiga se relacionar com quem ainda não é seu cliente de uma forma mais precisa e segmentada, aumentando a sua eficiência.

A partir dessa base, todas as suas ações de e-mail marketing vão ser estruturadas, facilitando o trabalho de entrega das suas mensagens.

De uma prática tradicional e simples de antigamente, o termo mailing ganhou um novo significado e tornou-se fundamental para o melhor funcionamento de ações e estratégias de marketing digital, facilitando também o trabalho de automação do disparo de e-mails.

Qual a importância do mailing?

As redes sociais se tornaram uma febre no mundo todo e a cada dia dominam mais o dia a dia das pessoas. Porém, o e-mail ainda é um canal muito utilizado. 

Segundo pesquisa da MarketingSherpa, 72% dos usuários preferem receber mensagens, ofertas e propagandas de alguma empresa através do e-mail.

Portanto, quando você investe na criação de um mailing de qualidade, vai se comunicar com consumidores em potencial de forma muito mais efetiva em um canal que já resulta em bons números.

É uma forma de aumentar ainda mais a precisão das suas mensagens. Afinal, o conteúdo que você irá enviar será pensado exatamente para impactar a sua base de contatos, em uma plataforma que é considerada ideal por esses usuários.

Ainda não está convencido da importância do uso do Mailing e de email marketing? Saiba que uma campanha de email marketing é 40 vezes mais efetiva em conquistar novos clientes que ações no Facebook e Twitter, aponta um estudo realizado pela CampaignMonitor.

Portanto, nenhuma ferramenta bate o email marketing quando o assunto é transformar leads em clientes na estratégia de Inbound Marketing.

O melhor: as chances de ser visto é muito alta, afinal 92% dos adultos presentes online utilizam email, sendo que 61% deles utilizam diariamente, segundo pesquisa realizada pela Pew Research.

Por isso, se você quer se aproximar de quem ainda não é cliente da sua empresa ou fidelizar quem já consumiu os seus produtos e/ou serviços, o email é o canal ideal. De forma menos invasiva, é possível realizar essa aproximação.

Como usar o Mailing ao seu favor?

Mas, na prática, você sabe o que fazer para criar uma estratégia eficiente com mailing? Confira as nossas sugestões, encontre as que melhor se encaixam aos seus objetivos e impacte os usuários que realmente interessam.

A eficácia de um mailing depende do nível de engajamento que os destinatários têm com as mensagens, afinal se os e-mails não forem abertos o trabalho será desperdiçado. 

– Faça conteúdo de qualidade

Vivemos na era da comunicação, somos bombardeados diariamente por inúmeras mensagens e informações. Isso também acontece com seu cliente, por isso é preciso se diferenciar da concorrência. A melhor forma de fazer isso é produzindo conteúdos de qualidade.

Foque em materiais únicos e exclusivos, que realmente possam ajudar a sua empresa a, por exemplo, solucionar um problema ou melhorar o seu desempenho, mostre algo que seja útil. Além disso, a escrita desta mensagem precisa ser pessoal, mas não invasiva, e também cativante o suficiente para entregar o objetivo principal do contato

Então, dê preferência para os conteúdos personalizados e exclusivos Mostre ao seu cliente conteúdos que verdadeiramente sejam relevantes para  que ele possa demonstrar interesse.  Auxilie a sua persona a solucionar um problema ou melhorar seu desempenho.

Existem diversas maneiras para você fazer isso, como publicar artigos em um blog, fazer postagens nas redes sociais, criar vídeos e qualquer outra ação útil para levar o lead até o fim da jornada de compra.

– Customize os seus emails

A customização das mensagens também é fundamental. Hoje em dia os usuários não querem mais ser incomodados com contatos que não sejam destinados para eles.

Então, personalize seus emails, sempre chamando o destinatário pelo nome, por exemplo. Faça com que as mensagens sejam destinadas a esse público, aumentando a chance de prender a atenção do leitor.

– Faça uso de ferramentas

A transformação digital veio para ajudar a sua empresa a otimizar os seus resultados. Elas podem ser muito úteis para potencializar o seu mailing.

Graças às ferramentas de automação de marketing, seu mailing se potencializa ganha qualidade graças ao uso das tecnologias. A aplicação desses softwares ajudam a criar e-mails padrões que serão disparados às listas, mas com um nível de qualidade que traz alguns ganhos, como:

  • padronização de mensagens;
  • menor chance de ser categorizado como spam;
  • disparo automatizado para mailings predefinidos;
  • disparo dos e-mails para listas de diferentes segmentações.
  • suporte para desenvolver layouts mais chamativos para os e-mails;
  • possibilidade de agendar disparos, garantindo fluxos de nutrição de leads.

– Segmente seus contatos

Dentro da sua lista de emails, você vai ter contatos dos mais variados perfis, certo? É preciso saber diferenciá-los.

Existem vários tipos de segmentação que  irão te ajudar a criar listas cada vez mais otimizadas e seletivas, com alto potencial de comunicação certeira com cada contato.

Olhe para a segmentação como uma importante ferramenta e requisito mínimo de interesse ou compatibilidade com a empresa e conteúdos que serão enviados nessas estratégias de e-mail marketing.

Portanto, é preciso utilizar o seu mailing para conseguir criar diferentes grupos a serem impactados, assegurando que todos os destinatários, de fato, devam receber determinada mensagem. Como falamos agora a pouco, envie conteúdos relevantes para cada um dos segmentos da sua base.

– Crie materiais gratuitos

Uma boa estratégia de e-mail marketing e que agrega valor ao seu mailing e conseguir explorar bem a sua lista é criar e oferecer materiais gratuitos aos seus contatos.

Formatos como ebooks, infográficos ou até conteúdos interativos podem se tornar excelentes para captar a atenção do destinatário e assegurar que ele leia a sua mensagem por completo.

Esses materiais, geralmente, focam em assuntos mais complexos e que exigem um maior aprofundamento do que blog posts. Além do conteúdo em si, imagens, gráficos e outros elementos auxiliam a tornar o material mais atrativo.

Essas ofertas funcionam como iscas digitais e contribuem para a geração de leads, além de construir aproximação da sua empresa com a audiência.

– Tenha uma linha editorial

Saiba que é importante manter uma coerência nas suas mensagens e isso pode ser feito por meio da criação de uma linha editorial. Dessa forma, use um guia para inspirar e validar as suas criações, assegurando que os conteúdos entregues aos seus contatos sejam relevantes.

Defina os seus objetivos tópicos mais importantes, o que evitar falar, faça um guia de produção para se comunicar com seus parceiros ou futuros clientes.

Veja também os artigos:

Copywriting: como melhorar a conversão dos seus e-mails

ICP: o que é e como traçar o perfil de cliente ideal

Metas de vendas: Aprenda a traçá-las para ter os melhores resultados

 

Erros comuns que devem ser evitados 

– Não compre listas de mailing

Isso pode ser óbvio para alguns, mas é um erro que as empresas comumente fazem. Um mailing deve ser construído a partir de parâmetros relacionados a interesses e segmentação, como você viu ao longo deste artigo. Portanto, simplesmente ter uma lista de contatos não faz sentido.

Afinal, o que garante que aquelas pessoas estão interessadas no que sua empresa vai oferecer? Procure construir seu mailing do zero, busque clientes em potencial ou que já estejam engajados.

Outro ponto que justifica a não compra dessas listas de mailing é o fato delas serem de má qualidade. Os e-mails desse tipo de Mailing, em sua maioria, são desatualizados ou fazem parte da base de diversas outras empresas.

Com isso, as chances do e-mail enviado por sua empresa ficar perdido na caixa de entrada do lead são potencializadas, 

Além de tudo o que já foi dito, enviar um e-mail comercial a alguém que não é seu contato sempre gera o risco do SPAM, o que pode ser o pior cenário dentro de uma estratégia de e-mail marketing. 

– Não acompanhar os resultados

Como você vai saber que sua estratégia de marketing está dando certo se você não acompanha os resultados? Como diz o jargão popular “tempo é dinheiro” e sua empresa não deve perder tempo em algo que não está dando resultado.

Um dos pontos-chave para o sucesso do Marketing digital é justamente a capacidade de monitorar e acompanhar os resultados e informações obtidas. Por isso, sempre fique de olho no desempenho das suas estratégias.

Se uma estratégia deu certo uma vez, não quer dizer que ela terá resultado favorável outras vezes. A única forma de validação é por meio da análise e do monitoramento das suas ações constantemente.

– E-mails que mostram apenas ofertas

Todo mundo gosta de receber ofertas e promoções, certo?! Mas tome cuidado pois ficar enviando apenas esse tipo de conteúdo pode ficar repetitivo para o seu lead.

Como também já citamos, é preciso ajudar o seu destinatário. Mostre que a sua empresa se importa com o sucesso do seu lead e isso pode ser feito por meio do envio de conteúdos relevantes e exclusivos, como ebooks, entrevistas e outros materiais diferenciados e gratuitos.

Conclusão

Como você pode observar nesse artigo, o Mailing é uma prática que ainda pode render resultados muito satisfatórios para empresas que sabem utilizar listas de contato dentro de uma estratégia. 

Mostre o seu diferencial, crie um relacionamento com seu lead e assim você terá uma lista repleta de bons potenciais clientes e de pessoas que já estão engajadas com a sua empresa.