Copywriting: o que é e qual a importância para o seu negócio

Marketing 06/01/2022
pessoa digitando no computador

O copywriting é uma técnica muito utilizada na elaboração de estratégias de marketing e é essencial para atingir resultados positivos na comunicação da empresa com seus clientes. Você sabe em qual contexto de surgimento dessa técnica e como ela pode ajudar nas vendas do seu negócio? É o que vamos te explicar no texto de hoje. Siga a leitura abaixo.

Estamos vivendo na Era da Informação, também conhecida como Era Digital ou Tecnológica. Esse período começou lá entre 1950 e 1970, com a popularização de itens como os computadores e fibra ótica, e seguimos dentro dele até hoje, porque as evoluções na área de tecnologia e da informação não param de chegar. Mas por que falar sobre isso?

Acontece que essas evoluções são responsáveis por alterar tudo o que vivemos enquanto sociedade. A forma como nos comunicamos, acessamos e disponibilizamos informações, nos relacionamos, escolhemos ou descartamos algo, nossos comportamentos, tudo tem relação, de alguma forma, com esse mundo ágil e informativo que estamos inseridos. 

Essa evolução acontece tão rápido que, com pouca diferença de idade, você encontra diferentes gerações: uma que provavelmente nunca pegou ou vai pegar em uma enciclopédia ou dicionário e usa a nuvem como armazenamento, a dos seus pais que usavam disquetes e listas telefônicas, e seus avós que talvez nunca tenham visto ou usado computadores e celulares até a terceira idade.

Enxergar por essa perspectiva nos mostra que comunicar, informar e até mesmo vender, não é um processo imutável. Muito pelo contrário, ele precisa andar lado a lado com os avanços que fazemos como sociedade constantemente.

Dito isso, fica mais fácil explicar um pouco mais sobre o tema desse artigo. O copywriting é uma técnica de produção de texto com enfoque persuasivo, com objetivo direto – mas relativamente discreto – de gerar conversão. Ele visa induzir o leitor à uma tomada de decisão. 

Fica com a gente, vamos te contar mais a respeito da importância dessa técnica para as suas vendas.

Primeiro, o que é copywriting?

O copywriting é a técnica usada em redações que possuem o objetivo de convencer alguém de realizar uma ação. Um texto que, mesmo informativo, é persuasivo e com poder de convencimento. Nele são incluídos gatilhos e estratégias específicas para atingir o público-alvo.

Esses gatilhos mentais são uma das tantas revoluções do mundo das vendas nas últimas décadas. Acontece que eles são ligados às nossas emoções e sentimentos. Quando um texto nos acessa a partir desse caminho, é mais fácil de gerar um aceite, a ação executada e, por fim, a venda. 

O copywriting é uma estratégia de vendas e marketing justamente por conseguir acessar a mente do seu público-alvo. O termo não é novidade, há anos os jornalistas eram os responsáveis por essa técnica na área de anúncios dos jornais impressos. Agora, a metodologia foi incorporada no mundo publicitário e faz parte das atividades, geralmente, de quem já é próximo do mundo das redações. 

Copywriting X Redação Publicitária X Marketing de Conteúdo 

Como todos envolvem, de alguma forma, a criação de conteúdo, às vezes é fácil criar confusão entre eles. Entretanto, fica cada um no seu lugar e com a sua função. A única coisa que se pode dizer é que ambos têm objetivos de convencimento, seja direta ou indiretamente, a curto, médio ou longo prazo. 

O copywriting, como já falamos, é a construção de um texto persuasivo. É exclusivamente a elaboração de algum tipo de redação com estratégias específicas para fisgar o seu cliente ideal, sua persona, possíveis interessados no seu produto ou serviço. O objetivo é imediato, cativar instantaneamente o seu leitor. 

Já o marketing de conteúdo é um termo mais amplo, que abrange diversas técnicas para acessar e engajar seu público a médio e longo prazo. Essas estratégias visam principalmente a criação de valor para a sua marca, o reconhecimento de mercado e a criação de autoridade

Veja também os artigos:

Como gerar leads B2B de qualidade

– O que é Outbound Marketing e quais são as vantagens dessa técnica

Vendas B2B: características, vantagens e desafios

 

Objetivos do copywriting

O principal objetivo dessa técnica é chamar imediatamente o leitor para a ação. Não é um tipo de conteúdo pensado a longo prazo. 

Os próprios recursos empregados no texto visam essa ação imediata. Os gatilhos mentais são usados para instantaneamente acessarem o público e persuadirem este para a ação, seja algum tipo de cadastro, o fornecimento de informação ou até mesmo a compra de algum produto ou serviço. 

No mundo das vendas, chamamos isso de CTA – Call To Action. Como a própria tradução mostra, é uma chamada para ação. É nesse momento que seu leitor, visitante ou prospect deve se tornar o lead, no momento que ele executa alguma ação proposta por você dentro do seu site, e-mail, anúncio ou qualquer outro canal. 

Muitas vezes o site da sua empresa está recebendo um tráfego alto de pessoas, mas essas não realizam nenhuma ação, circulam rapidamente por alguma parte e finalizam a sessão sem executar nada. Isso pode acontecer porque a sua chamada para ação não está bem elaborada, mal exibida ou sequer existe. É imprescindível que exista alguma ferramenta, como algum botão ou link, para aquele possível cliente não sair sem deixar nada. 

pessoa digitando no computador
O CTA (Call to Action) é essencial para os textos que utilizem da técnica de copy. Através dele seus clientes serão instigados a fazer uma ação, como entrar no site ou comprar seu produto.

Aqui vão algumas dicas para um bom copywriting:

Conheça seu mercado, seu produto e seu cliente

Informação é a chave inicial para construção de qualquer coisa. É com ela que você entende para onde ir, o que fazer, quais alternativas são válidas ou não, e por aí vai. Por isso, tenha informações sobre o seu mercado, sobre o que você está oferecendo e principalmente sobre quem você quer que compre o que você está vendendo. 

Entender o seu mercado vai te ajudar a entender também o lugar que a sua própria empresa ocupa. Qual seu nicho de atuação, o que todos estão fazendo,  o que você também precisa fazer e onde é possível inovar para se tornar diferencial. 

Muitas vezes o produto pode até se assemelhar, mas você pode trabalhar na personalização do atendimento, na experiência, no fornecimento de informações ricas e detalhadas tanto para seus clientes quanto para qualquer outra pessoa que se interesse pela sua área – e pode também se tornar um cliente no futuro. 

Para isso também é necessário entender profundamente o seu produto, o que você está oferecendo e qual a dor ele é responsável por resolver. 

Do mesmo modo é necessário conhecer o seu cliente, seu público-alvo. Quando você tem as definições detalhadas de quem você quer atingir, é possível criar estratégias específicas para aquelas pessoas, elaborar textos com os gatilhos corretos. 

Nessa etapa, um dos recursos que vão te ajudar é a elaboração da persona da sua empresa. Criando desde o começo, todas as suas etapas a seguir poderão seguir com maior fluidez e alvos certos. 

Crie relação e proximidade

A linguagem é um artifício rico para a criação do relacionamento. De acordo com seu público-alvo, é possível entender melhor qual a forma de se comunicar com cada uma das suas personas. 

Entretanto, o principal é se fazer entender, acima de tudo. Não adianta usar uma linguagem técnica demais, a não ser que seu público para aquele material seja muito bem segmentado e vá atingir apenas pessoas que conheçam todos os jargões da sua área. 

A linguagem coloquial, aquela mais próxima de como nós falamos no dia a dia, vem ganhando cada vez mais espaço e substituindo a linguagem formal. O tom despojado dá a ideia de uma conversa de cotidiano e isso ajuda no momento de acessar o seu leitor.

A ideia é que ele consiga quase ouvir uma voz conversando com ele no decorrer do e-mail. Fugindo daquela estrutura massante, onde na metade do texto você nem se lembra do que leu até chegar ali. 

Trabalhe a sua persuasão 

Persuadir é o objetivo principal desse material. Isso não é ser insistente ou manipulador, é explicar benefícios, qualidades, vantagens, enquanto se cria conexão e valor. É uma conversa aberta, de empresa para futuro cliente, com o objetivo de chamá-lo mais para perto. 

É justamente conhecendo o seu cliente que você consegue fazer isso das melhores e mais genuínas formas possíveis. O ideal é se utilizar dos argumentos da forma correta e introduzi-los junto com os apelos emocionais certos, construindo uma história – seja ela simples ou mais detalhada.

A chamada para ação é o momento crucial

A construção do texto pode ser bem simples, por exemplo:

– Você introduz algum assunto
– Mostra algum problema
– Aponha uma possível solução
– Se coloca como caminho para isso fazendo uma oferta
– E chama para ação

A chamada para a ação é fundamental, porque esse é um dos maiores objetivos desse material. Você quer que o cliente execute alguma ação, então precisa encaminhar seu texto para que o cliente tome essa decisão.

Conclusão

É fundamental estar atento às revoluções vividas no mundo da comunicação e das vendas, e aproveitar de todos os recursos que a Era Digital tem para oferecer.

O copywriting é uma estratégia para te ajudar na conversão de novos leads, mas que pode auxiliar também na venda direta e no fechamento do negócio. 

Esperamos que você tenha chegado até aqui entendendo a importância do copywriting para sua empresa e como optar por usar essa ferramenta vai te ajudar a obter resultados cada vez melhores.